GQD

Razões para erros de embalagem na indústria alimentícia

À medida que a indústria de alimentos foi crescendo ao longo dos anos, também cresceram as exigências e regulamentos para a rotulagem de alimentos. Mesmo variando de país para país, os protocolos referentes a materiais de embalagem são semelhantes e fornecem informações precisas sobre a rotulagem e preservação da integridade física, química e sanitária dos produtos alimentícios.

Os materiais de embalagem precisam ser processados e aprovados pela Agência correta antes de serem lançados no mercado e as etiquetas precisam ser inspecionadas constantemente para minimizar as chances de erros, que podem gerar grandes perdas às empresas.

Erros de embalagem podem, não só, causar estresse, como também prejudicar sua marca e o relacionamento com o cliente. Além disso, esses erros podem acarretar na deterioração do produto, contaminação, doença ao consumidor e, até mesmo, fatalidades caso o erro esteja relacionado às informações dos alérgenos. Muito mais comum do que pensam, esses erros ocorrem, principalmente, devido à arte das embalagens, informações de última hora e erro humano.

Todas as indústrias, incluindo a de alimentos, usam a arte da embalagem para criar uma identidade de marca que os consumidores se sintam confortáveis para comprar. Porém, o desperdício de embalagens está, cada vez mais, despertando a atenção dos clientes ecologicamente conscientes. Por esse motivo, é importante ficar atento se os produtos estão sendo propriamente embalados para que não prejudiquem o planeta com o desperdício de materiais desnecessários.

Além disso, alguns produtos têm arte ou design de embalagem semelhantes e são mais suscetíveis a erros na hora da inspeção. Nesse momento, o inspetor pode não perceber a diferença entre as artes, devido às semelhanças, e prosseguir com o processo de embalagem.

Na indústria alimentícia, as alterações são bastante frequentes, o que significa que precisamos nos adaptar e responder a essas mudanças rapidamente e, na maioria das vezes, no último minuto. Consequentemente, por conta das informações de última hora e da alta demanda de produção, os erros também aumentam. Problemas de texto (informações de última hora que são muito importantes e não foram adicionadas à embalagem), erro de código de barras e produto sendo embalado incorretamente são alguns dos principais erros que costumam ocorrer.

Por fim, outro problema extremamente comum é na hora da impressão da embalagem. Erros de digitação, por exemplo, são muito recorrentes e, depois que uma palavra com erros ortográficos em um pacote é divulgada, é difícil recuperá-la, uma vez que reverter esse problema acaba saindo muito caro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima